HUMANIZAÇÃO: Lei de autoria de Luciene de Fofinho determina direito a acompanhante durante atendimento e internação na UPA, em Bayeux




Pretendendo humanizar mais o atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bayeux, a vereadora Luciene de Andrade (Luciene de Fofinho) criou a Lei nº 44/2019, que determina que todo usuário tenha direito a um acompanhante, durante o tempo que estiver sendo atendido ou interno.

O acompanhante é escolhido pelo paciente em atendimento e a Lei também assegura a possibilidade e revezamento. Para isso, o acompanhante só precisa estar cadastrado na ficha do usuário.

A Lei nº 44/2019, foi publicada no Diário Oficial do Munícipio (DOM), no dia 04 de dezembro de 2019 e já está em vigor.


Ascom Câmara de Bayeux

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.