LAMENTÁVEL: Câncer mata patoense que denunciou descaso no Napoleão Laureano




O câncer foi devastador na vida da dona de casa Maria Gorete de Araújo Ferreira, de 39 anos. Ela lutava contra a doença há mais de um ano, mas a doença perversa a matou na madrugada desta quinta-feira, dia 09, enquanto Maria Gorete estava em sua residência ao lado dos familiares.

Maria Gorete de Araújo morava no Bairro Novo Horizonte, em Patos. Ela ficou estadualmente conhecida após o seu esposo, Josevando da Silva Melquiades, o popular Vandinho, fez vídeos denunciando descaso com o tratamento da esposa por parte do Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa.

A vítima estava com câncer de útero e passou dois meses internada no Hospital Napoleão Laureano. Ela teve problemas renais e complicações em decorrência do câncer. Maria Gorete perdeu peso, as feições e o desanimo se abateu sobre ela e fez sofrer também seus entes queridos.

Viúvo, Vandinho agora segue sua vida ao lado duas filhas órfãs de mãe. A pequenas Vitória, 09 anos, e Gabriela, 03 anos, seguem sem a genitora e mãe dedicada que se foi por conta da doença devastadora que cresce em todo o Brasil e consome vidas de todas as classes sociais.

O velório acontece na Central de Velórios São Miguel, na Rua Horácio Nóbrega, no Belo Horizonte. O sepultamento será às 17h00 desta quinta-feira, no Cemitério Santo Antônio, no Monte Castelo, em Patos.  

Folha Patoense e Patosonline





Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.