OPINIÃO: O ambiente obnubilado da política pessoense e a lentidão de Cartaxo



O ambiente político na Capital paraibana segue imensamente indefinido. A prisão e citação, em decorrência de escândalos de corrupção, de nomes que poderiam disputar a prefeitura, deixa o cenário completamente obnubilado. Ninguém ousa apontar nomes ‘certos’ na possível disputa. Aliás, depois de Ricardo Coutinho e Estela presos, Wilson Filho, Efraim Filho, Cida Ramos, João Gonçalves e Gervásio Maia, mencionados em escândalos de corrupção, dá até medo ter o nome apresentado como prefeitável em Jampa.

Isso contribui para uma imensa indefinição quando a quem serão os candidatos a prefeito (a) de João Pessoa. Um cenário que parece ainda mais incerto quando se olha para o grupo político liderado pelo prefeito Luciano Cartaxo. Tudo parece transcorrer de forma lenta, letárgica e em uma monotonia que poderia estressar até um bicho preguiça. Os nomes mencionados nos bastidores parecem empolgar tanto quanto uma corrida de tartarugas. A sensação que tenho é que ninguém, nem mesmo eles acreditam que é possível emplacar os possíveis candidatos de Cartaxo. Aliás eles são mesmo? 

Existe uma lentidão, uma gritante monotonia no seio 'cartaxista'. E ela é geral. Tomou conta de todo o grupo. Estamos em 20 de janeiro e a tal reforma administrativa, com as saídas de eventuais pré-candidatos dos quadros do governo até agora não aconteceu. Obviamente ainda há prazo legal para isso, mas há uma lentidão que aponta para um cenário de ‘estão todos perdidos’. Ou apenas eu vejo isso?

O que impede que Cartaxo faça a tal reforma administrativa? Quem são os secretários que poderiam ser candidatos a vagas na CMJP e ao cargo de prefeito (a)? Será que o prfeito teme algum impacto político/administrativo de uma eventual mudança de nomes no primeiro escalão? Ou será que a demora é uma jogada do prefeito? Estaria o prefeito mais propenso a negociar a vice numa eventual candidatura de Nilvan Ferreira, Wallber Virgulino, Cabo Gilberto, Manoel Junior ou até mesmo de Cícero Lucena? Isso explicaria a demora. Ou não?

Já disse antes e vou repetir: As escolhas do prefeito poderão ter impacto enorme tanto na administração municipal quanto na disputa eleitoral que se avizinha. Se acontecerem substituições e os novos secretários mantiverem o trabalho no mesmo nível, será imensamente positivo, porém, se houver queda no rendimento das secretarias, o resultado/resposta será reverberado nas urnas.

Ao passo que precisa agir rápido, respondendo aos anseios de seus aliados, Cartaxo deve ser prudente na substituição das peças.

Por fim, fica uma pergunta: Até quando o cenário obnubilado impedirá as definições de Cartaxo? Será que Cartaxo está é gostando do cenário obscuro? Ops, era apenas uma. 

?





Caco Pereira
Instagram: @caco_pereira_
Facebook: @CacoPereira
WhatsApp: (83) 982161220 
.


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.