OPINIÃO: Atacado pelos girassóis Manga Rosa pode ser o algoz de Márcia Lucena



O vereador Carlos Manga Rosa esteve por poucos dias na condição de prefeito de Conde. Pouco tempo, porém o suficiente para causar temor nos aliados da atual gestora. Apesar de fazer um discurso que objetivava demonstrar equilíbrio, moderação e bom senso, Manga Rosa desagradou os girassóis condenses que aparentemente esperavam subserviência por parte do parlamentar.

Ao sair do cárcere Márcia fez um discurso de ataque ‘inDireto’ àquele que é o primeiro na linha sucessória. Essa foi a primeira demonstração de que Manga passou a ser visto como inimigo. Os motivos dos ataques ao ex-aliado podem passar desapercebidos, mas se observamos bem, os girassóis viram nas decisões do então prefeito, a sinalização de perigo. Mas que decisões: 1. analisar todos os contratos antes de efetuar pagamentos; 2. alterar um outro nome na equipe de governo, mais precisamente em cargos pelos quais ele responderia direto junto ao TCE. Antes de continuar pergunto: Se você assumisse uma prefeitura após a prisão da prefeita nas condições que Manga Rosa assumiu e encontrasse contratos com empresas investigadas e acusadas de participarem do mesmo esquema, o que você faria?

Depois disso o presidente da Câmara passou a ser atacado em postagens nas redes sociais, matérias publicadas em alguns portais de notícias e até em grupos de WhatsApp. Ah! mas isso ocorreu depois de Manga não aceitar participar de um ‘almoço’ com a gestora e seus aliados. Faço uma nova pergunta: Você iria almoçar com ela?

O discurso ácido de Márcia, o ataque contínuo de quem até pouco tempo elogiava o vereador demonstrou não apenas despreparo e falta de orientação política equilibrada, mas também uma tola e amadora faceta dos girassóis condenses: Eles atacaram aquele a quem mais deveriam querer perto. O primeiro na linha de sucessão de uma prefeita cuja permanência no cargo é tão estável quanto a paz no oriente médio.

Além de atacar o camarada que pode ser o prefeito a qualquer momento, os girassóis acabaram virando os holofotes para Manga Rosa. O vereador que assumira a presidência da Câmara depois de sobreviver as tentativas de lhe tirarem do cargo e conseguira apaziguar a Casa, passando a ser respeitado por todos os pares, passa agora a ser visto, admirado e cotado como candidato a prefeito nas próximas eleições. Isso mesmo; a postura dos girassóis pode ter ‘criado’ um nome que impõe novidade na disputa para prefeitura nas próximas eleições.

Embora nem aceite conversar abertamente sobre essa possibilidade, Carlos Manga Rosa passou a ser um nome possível, e diria que forte na disputa. Faço-lhes uma pergunta: Vocês acham que os vereadores teriam alguma dificuldade em apoiar Manga Rosa? Pergunto mais: Algum dos vereadores (inclusive os da base) deixaria de apoiar Manga Rosa para apoiar Márcia? Duvido!

A postura mansa, cerebral e tranquila, porém acessível e de diálogo fácil do vereador é um diferencial que particularmente não vejo em nenhum dos outros nomes postos, principalmente na atual prefeita (que acredito, não será candidata). Entendam, não estou dizendo que os demais candidatos não tem tais características. Estou afirmando que nenhum outro nome na disputa reúne sozinho todas essas características. Além disso, não se enganem, Manga é um grande articulador.

Por fim, a Calvário e principalmente a postura de Márcia e de seus liderados pode ter dado ao Conde uma opção nova nas próximas eleições. Se Márcia continuar prefeita até outubro e for para a disputa (duvido muito), Manga pode ser o seu maior antagonista. E ela terá criado seu principal opositor.

Não se enganem, Manga Rosa é mais cerebral e articulado do que vocês podem imaginar. Eu já disse antes e vou repetir: Se ele erá de fato protagonista em 2020, apenas o tempo de dirá, mas que a temporada pode ser de Manga, ah, pode!


É o que penso. Está dito.


Ricardo Jorge Pereira (Caco)
Instagram: @caco_pereira_
Facebook: @CacoPereira
WhatsApp: (83) 982161220 

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.