Prefeito vira alvo de inquérito após Gaeco denunciar irregularidades no pagamento de diárias




O prefeito da cidade de Tavares, Aílton Suassuna, está sendo investigado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) após denúncia de supostas irregularidades no pagamento de diárias.

A denúncia feita pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) resultou na abertura do inquérito civil nº 049.2019.000336 .
O caso está sob os cuidados da promotora Maria Socorro Mayer. A medida foi publicada na edição desta sexta-feira (24), do Diário Eletrônico do Ministério Público da Paraíba.





Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.