“Michele teve vilipendiada a sua liberdade de expressão”, diz Direita Patos




O Movimento Direita Patos, liderado pelo empresário e pré-candidato a vereador Josmá Oliveira emitiu neste sábado (2), uma NOTA DEREPÚDIO acerca dos acontecimentos envolvendo a fundadora do Direita Paraibana, Michele Assis.


Michele teve vilipendiada a sua liberdade de expressão, tratada como marginal”, diz a nota, que acrescenta: “Não aceitaremos nenhuma retirada de direitos constitucionais por nenhum governador ou prefeito"

Confira a nota:

NOTA DE REPÚDIO

Nós que fazemos a Direita Patos viemos a público REPUDIAR o que aconteceu com a Jovem Michele Assis, ativista política, presidente da Direita Paraibana, defensora dos valores cristãos, defensora da família, que sempre lutou contra aborto, sempre defendeu as mulheres e a liberdade de todos.

Michele teve vilipendiada a sua liberdade de expressão, tratada como marginal.

TUDO A MANDO DO GOVERNADOR DITADOR JOÃO AZEVEDO.

O fato é que a jovem estava andando as ruas da cidade de João Pessoa alertando a população sobre os prejuízos causados pelas medidas extremistas e ditatoriais do Governador, medidas essas que ferem a constituição federal e que está causando grandes danos ao estado democrático de Direito.

NÃO ACEITAREMOS NENHUMA RETIRADA DE DIREITOS CONSTITUCIONAIS POR NENHUM GOVERNADOR OU PREFEITO.

REPUDIAMOS TODO E QUALQUER ATENTADO A DEMOCRACIA.

TOME VERGONHA GOVERNADOR, PARE DE PERSEGUIR O POVO, PROCURE FAZER ALGO PELA SAÚDE QUE VEM CAUSANDO SOFRIMENTO AO POVO PARAIBANO HÁ ANOS.


Patos, 2 de Maio de 2020.

Direita Patos.


Da Redação

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.