“Moro não era ministro, era espião”, dispara Eduardo Bolsonaro




O deputado federal Eduardo Bolsonaro voltou a questionar os delegados da PF que interrogaram o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

No Twitter, ele escreveu: “Realmente é preciso muito tempo dando depoimentos a delegados amigos para ver se acham algo contra Bolsonaro.”

E acrescentou: “Moro não era ministro, era espião.”




Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.