Pensão por morte do INSS: Quem tem direito a receber?


Dentre os beneficiários da Previdência Social estão os pensionistas. Porém, quem tem direito a receber pensão por morte do INSS? Veja, abaixo, os requisitos, bem como solicitar esse tipo de auxílio previdenciário pela internet.

Pensão por morte: O que é?
A pensão por morte do INSS é um tipo de benefício do INSS que é pago aos dependentes de segurado previdenciário falecido.
Em outras palavras, essa pensão é uma garantia financeira mensal que é disponibilizada aos filhos e outros dependentes financeiros de trabalhador contribuinte do INSS ou aposentado que venha a falecer.
Quem tem direito a receber esse tipo de benefício previdenciário?
Têm direito ao benefício previdenciário pago em razão da morte do segurado aqueles que eram seus dependentes financeiros quando da ocorrência do falecimento.
Dessa maneira, compõem o rol de possíveis pensionistas do INSS:
• Cônjuge ou companheiro;
• Filhos e enteados menores de 21 anos ou inválidos, desde que não tenham se emancipado;
• Pais;
• Por fim, irmãos não emancipados, menores de 21 anos ou inválidos.
Como requerer a pensão por morte do INSS?
Atualmente é possível requerer esse tipo de benefício previdenciário diretamente pela internet, sem necessidade prévia de comparecimento nos postos de atendimento da Previdência Social.
Para isso, basta acessar o portal ou aplicativo Meu INSS, disponível tanto para celulares com sistema Android quanto iOS.
Ali, deverá fazer login no sistema para realizar o pedido de pensão por morte do INSS. Caso ainda não exista um cadastro, será necessária a realização de um se utilizando de algumas informações, tais como número do CPF, nome e data de nascimento de quem busca o auxílio.
A partir de então, deve-se clicar na opção “Agendamentos/Requerimentos” e, em seguida, em “Novo requerimento”, “Atualizar” e “Avançar”. Ali será necessário digitar, no campo “pesquisar”, a palavra “pensão” e selecionar o serviço desejado.
Caso seja necessário que o pedido seja complementado por atendimento presencial, o requerente do benefício será previamente comunicado. Além disso, eventual necessidade de complementação documental também será informada.
Por fim, também é possível acompanhar a tramitação do pedido de pensão por morte do INSS pelo mesmo portal em que o requerimento foi realizado.

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.