Regina Duarte deixa Cultura e assume Cinemateca Brasileira

Na manhã desta quarta-feira, 20 de maio, o presidente Jair Bolsonaro anunciou a saída da atriz do comando da Secretaria de Cultura.

Regina afirma que a ausência da família pesou na decisão tomada. “Estou sentindo muita falta dos netos, filhos, família, a qual sempre fui muito ligada.”

Em vídeo com Bolsonaro, ela desmentiu a imprensa brasileira e assegurou que não houve ‘fritura’ por parte do presidente. Regina diz não acreditar mais na imprensa, que a todo instante está criando narrativas contra o governo.

Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias.

Regina deverá assumir a direção da Cinemateca Brasileira. "Acabo de ganhar um presente que é um sonho de qualquer pessoa de comunicação, de audiovisual, de cinema, de teatro: um convite para fazer cinemateca, que é um braço da cultura que funciona lá em São Paulo, e é um museu de toda a filmografia brasileiro, ficar ali, secretariando o governo dentro da cultura na cinemateca. Pode ter presente melhor do que esse? Obrigado, presidente", disse 

 



Da Redação
Foto: Marcos Correa | PR
 

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.